3 coisas que deixam o gato com medo

Deixe um comentário

Apesar daquele comportamento independente e postura de inabalável, algumas situações colocam medo nos felinos. Um gato com medo precisa receber cuidados especiais e uma dose a mais de carinho – sustos os deixam inseguros e, por isso, precisam sentir seu apoio nessas horas. Quando seu amigo tem medo, o sistema nervoso dá uma resposta automática que varia conforme a situação. Eles podem agir com agressividade, podem fugir ou mesmo ficar imóveis.

O importante, nesses casos, é saber identificar as circunstâncias que causam medo e saber como cuidar bem do nosso amigo. Para ajudar você nessa missão, vamos mostrar três coisas que deixam seu animal de estimação com medo para que possa estar sempre por perto e oferecer o apoio que ele precisa.

1. Tempestades

Algumas tempestades podem ser assustadoras até para nós; mas no caso dos felinos, o incômodo é triplicado. O que causa tamanho desconforto são os barulhos, pois os gatos possuem a audição muito mais desenvolvida que a nossa e, além de se assustarem com os trovões – que são repentinos e muito altos –, eles conseguem captar os sons antes que nós.

Dar o apoio que o seu amigo precisa é fundamental, pois podem desenvolver uma fobia aos sons altos e, com o agravamento do quadro, o animal passa a apresentar sinais de ansiedade antes que as trovoadas comecem. Para ajudá-lo, procure oferecer um local em que seu companheiro se sinta protegido; você também pode tentar neutralizar os sons da tempestade com outros barulhos que são mais comuns ao felinos, como uma música ou mesmo o som da TV. Quando notar que ele está mais tranquilo, ofereça um petisco para gato e faça bastante carinho.

2. Sons de fogos de artifício

A época de festas juninas e confraternizações de fim de ano não são muito felizes para os bichanos, pois sempre existe aquele momento clássico de queima de fogos de artifício. Os sons de fogos são aterrorizantes para os gatos, assim como os barulhos de uma tempestade, e como são mais previsíveis que os trovões, você pode preparar o felino para não sofrer tanto.

Brinque bastante com o gato e leve-o para o cantinho da casa que ele mais gosta. Assim como no caso dos trovões, vale ligar o rádio ou a TV para abafar o som dos fogos.

3. Gatos com medo das visitas

Não é incomum que o seu gato se esconda quando chega uma visita. Dependendo do tempo em que a pessoa permanece na sua casa, ele pode até ficar sem comer e beber água. Uma forma de tentar driblar essa situação é fazendo a socialização desde a fase filhote do gato ou, se o felino já é adulto, vale investir em um treinamento para que ele se sinta mais à vontade com pessoas desconhecidas.

Comece algumas brincadeiras com seu gato e inclua a pessoa. Peça para ela dar alguns petiscos ao gato e, dessa forma, você estará associando a presença de um desconhecido com experiências agradáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>