Água: O jeito certo de matar a sede do seu cãozinho

Deixe um comentário

Após um bom passeio com o cãozinho, nada melhor do que chegar em casa e matar a sede com uma água limpa e fresca. Depois disso é só cair em no sofá ou na rede e descansar tranquilamente ao lado do seu parceiro de passeio.

Dividir um gole d’agua depois do passeio é sempre bom

Todos os dias, faça frio ou faça sol, beber água é indispensável para as pessoas e mais ainda para os cães. Cachorros têm cerca de 60% do organismo constituído por água quando adultos e 85% quando filhotes. Mais importante até do que o alimento que o cão ingere, a água tem proteínas indispensáveis para a boa saúde do cachorro. Sabia que seu animalzinho pode ficar doente se ele perder mais do que 10% do líquido do seu organismo?

Mas será que você está dando água corretamente ao animal? Qual seria a forma certa de fazer isso?

Que a vida tenha sempre banhos de felicidade

É necessário tomar muitos cuidados com a forma que você dá água para o seu melhor amigo. Beber um pouco da água que você irá colocar na tigela dele é um bom teste para verificar que seu amigo está ingerindo o líquido como ele deve ser: cristalino e sem sabor algum.

Se você é um dono esperto e toma esses devidos cuidados, saiba que existem outras situações ainda em que você deve prestar atenção. Os materiais de que são feitos as tigelas podem ser grandes propagadores de doenças para o seu cachorro. Quando falamos em doença, lembre-se: o seu cachorro viverá em média 15 anos. Evitar qualquer enfermidade nele é prolongar as histórias que vocês viverão juntos.

Água para beber ou para brincar: limpinha e refrescante

Voltando ao assunto tigelas, apesar de as de plástico serem a de uso mais comum, estas não são as melhores para os mascotes. O motivo é que com o tempo, apareçam alguns riscos no recipiente, muitas vezes por mordidas do cãozinho, que entediado sai arrastando a tigela casa a dentro, e estes riscos podem ser fonte de infiltração de parasitas e bactérias trazidos por poeira ou outros elementos externos. Mesmo que você faça o correto, que é limpar o recipiente uma vez ao dia, com sabão neutro, alguns riscos poderão ficar ainda e isto poderá ser fonte de acúmulo de sujeira e consequentemente de doenças.

Se a tigela for de plástico, por mais bonitinha que ela seja, repense o uso

As melhores opções então para armazenar água para o seu cãozinho, são potes ou tigelas feitas com cerâmica ou aço inoxidável. Estes materiais além de serem de mais fácil limpeza, ainda mantém a temperatura da água ideal para o consumo do peludo.

Outras soluções mais tecnológicas são os bebedouros inteligentes para cães, onde o animal pressiona a pata e a água flui.

Tigela feita de aço inóx é uma excelente opção para manter a limpeza

Tigela de Cerâmicas vêm muitas vezes com enfeites bem interessantes para o peludo

Tecnologia para matar a sede do mascote

Um lembrete importante é: ao sair de casa para passear, não esqueça de levar um recipiente com água limpa para o seu cachorro. Fatalmente ele sentirá sede mesmo que o clima esteja ameno. É preciso repor sempre os líquidos, já que cachorros não soam, mas ficam com a língua para fora para regular a temperatura do próprio corpo e isso provoca uma secura na garganta.

Língua para fora? Pegue já a garrafinha e mate a sede do amigão

Todos estes cuidados, somados a alguns bons pedacinhos de frutas que vem nas embalagens de Naturalis, deixarão o seu cachorro mais saudável e feliz.

Siga nossas dicas! E caso tenha outras sugestões é só deixar nos comentários que faremos postagens especiais de acordo com cada tema sugerido!

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>