Alimentação canina natural

8 Comentários

A alimentação canina é uma questão que influencia todo o desenvolvimento do animal e até mesmo seu comportamento, sendo a base da saúde do cachorro. Escolher uma ração canina de qualidade, que supre todas necessidades nutricionais do seu companheiro, é a melhor forma que cuidar dele. A alimentação canina natural não pode ser confundida com a oferta de comida caseira ao cão, pois trata-se da introdução de uma ração natural desenvolvida sem corantes e conservantes artificiais.

 

Os ingrediente naturais da ração Naturalis proporcionam boa digestibilidade, evita a ingestão de química que pode causar alergias alimentares e irritações intestinais. A alimentação canina natural garante que o cão receba proteínas, vitaminas e minerais, ácidos graxos essenciais e fibras que ajudam o cão a ter uma vida mais saudável. Os ingredientes naturais, como frutas e vegetais desidratados, arroz integral, aveia e vegetais, ajudam a regular o intestino.

 

Erros da alimentação canina

Quando o cachorro não come ou come mal, podemos pensar que se trata de um problema ligado aos maus hábitos alimentares. Para evitar isso e outras situações prejudiciais ao animal, é interessante que se introduza uma rotina alimentar e tome alguns cuidados para evitar os clássicos erros que cometemos sem nem, sequer,  perceber. Veja alguns erros comuns:

  • Dar a sua comida durante as refeições – temos o coração mole e é difícil resistir àquele olhar de pidão do peludo durante as nossas refeições. Resista! Não dê suacomida caseira ao cão, pois este alimento não irá suprir suas necessidades nutricionais, pode causar alergias e ainda irá mascarar sua fome, fazendo-o deixar decomer a ração canina, que é um alimento balanceado e desenvolvido especialmente para ele;
  • Não estabelecer uma rotina para a alimentação do cachorro – é imprescindível que monte uma rotina alimentar para o seu cão, assim como nós, eles precisam de horários para comer, caso contrário, a falta de disciplina pode fazer com que o cão perca a fome e coma menos;
  • Deixar ração disponível o tempo todo – não deixe o pote de ração sempre cheio. Além de ter o cuidado com as quantidades certas de ração que deve oferecer ao seu cão, também é importante fracionar esta quantidade de ração nas refeições durante o dia;
  • Dar uma ração não adequada ao porte e fase da vida do cachorro – cada fase da vida do cão apresenta necessidades particulares e por isso, adequação da alimentação canina é importante.

,

8 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>