Bola de pelos em gatos: como evitar

Deixe um comentário

Seu gato é mestre em fazer malabarismos para conseguir lamber o corpo todo? Esse é um hábito natural, mas que deve ser acompanhado com cautela, pois as sessões de lambedura contribuem para a formação de bolas de pelo. Para evitar complicações, é importante tomar alguns cuidados. Não se preocupe, vamos explicar todos os detalhes sobre o assunto.

Os gatos são animais muito higiênicos e, sem dúvidas, essa é uma das suas principais características. Além de usarem a caixa de areia para fazer suas necessidades, eles se limpam com muita frequência, o famoso “banho de gato”. E é a partir desse comportamento felino que começamos a entender como surgem as temidas bolas de pelo!

Bola de pelos: como são formadas?

Os gatos passam muito tempo limpando os próprios pelos, certo? Isso acontece pois há uma certa facilidade para a realização dessa tarefa: a língua deles conta com uma espécie de “espinhos” que auxiliam na hora de eliminar pelos velhos ou mortos.

O problema é que alguns pelos ficam grudados na língua do gato e ele não tem outra alternativa que não seja engoli-los. É aí que mora o perigo: quando os pelos se acumulam no estômago do gato, ele fará um esforço para vomitar ou poderá expelir pelas fezes.

Mas nem sempre eles conseguem eliminar as bolas de pelos, que acabam se acumulando no sistema digestivo. Esse acúmulo pode resultar em uma obstrução intestinal e, em alguns casos, somente uma cirurgia é capaz de resolver. Por isso, é necessário tomar os devidos cuidados para evitar a formação de bolas de pelos em gatos.

Como evitar bola de pelo em gatos

O segredo para combater bola de pelo em gatos está na alimentação e cuidados com a pelagem do animal! A alimentação do seu gato está relacionada a diversas questões de saúde.

Oferecer uma ração de qualidade, com proteínas e nutrientes nobres, faz toda a diferença. Naturalis é uma ração natural para gato, enriquecida com taurina e proteínas selecionadas. Também auxilia na saúde do trato urinário e proporciona uma vida mais saudável para seu pet.

Um método que não costuma falhar é escovar os pelos do gato — com uma escova específica para isso, claro. Esse ato ajuda a retirar os pelos mortos e reduz a quantidade ingerida pelo gato durante o banho de língua. Gatos de pelo muito comprido (Persa, por exemplo) exigem uma atenção maior. É ideal que a escovação seja feita pelo menos uma vez por semana.

Adeus bola de pelos! Agora você já sabe como ajudar o seu gatinho.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>