Cachorro com febre: doenças caninas que causam febre

Deixe um comentário

Cachorro com febre: pois é, os cães também podem sofrer com a alta temperatura corporal e seus efeitos, e por mais que isso pareça preocupante, não é.

Ao longo deste artigo, você vai perceber que com as informações corretas e, claro, a recomendação de um veterinário, é possível reverter a febre de cachorro sem muitas preocupações. Então vamos lá!

Percebeu que seu cachorro está tremendo, aparentemente cansado e sem energia? Pode ser que algo esteja fora do normal. Febre em cachorro é algo comum no mundo canino, ainda assim, para nós, há poucas informações.

O nariz dele, que costuma estar sempre úmido e gelado, agora encontra-se quente e seco e suas orelhas também estão bem aquecidas — são pequenos indícios de cachorro com febre.

Cachorro com febre: qual a temperatura?

Você sabe qual a temperatura normal de um cachorro com febre? Ela fica entre 38,8 e 39,4 °C, mas basta subir para 39,5 °C para indicar algo de anormal. Nesse estágio, o organismo indica que está tentando superar uma infecção ou inflamação, que pode ser causada por diversos fatores.

Essas informações servem como indicações preliminares. Ao notar algo de diferente na temperatura, pele ou comportamento do animal, leve-o imediatamente ao médico-veterinário.

Devo medir a temperatura de um cão com febre?

Não recomendamos fazer a medição de temperatura em casa, principalmente sem uma orientação veterinária. Febre de cachorro é um problema que requer avaliação de um profissional. Um diagnóstico só pode ser feito corretamente por meio de procedimentos seguros.

Para ter certeza de que o animal está com febre, é necessário medir a temperatura usando um termômetro para cães. Já vamos adiantar que isso é um pouco desconfortável, uma vez que o termômetro é usado no ânus ou na orelha.

De forma alguma faça a medição sem conhecimentos, e não permita que outra pessoa leiga o faça. Uma medição incorreta pode fazer com que o cachorro com febre desenvolva outros problemas. Procure um médico-veterinário de confiança!

Como saber se o cachorro está com febre?

Bom, você já leu até aqui e viu como identificar a febre por meio da temperatura corporal, mas há outras forma de encontrar sinais que possam indicar o problema. Quais? Veja logo abaixo:

  • Focinho quente e seco
  • Orelhas quentes
  • Cansaço
  • Desânimo
  • Tremedeiras
  • Olhos vermelhos
  • Tosse e/ou vômito
  • Perda de apetite

Atenção! Preste sempre atenção à mudança de comportamento do animal e possíveis sintomas. Caso o cachorro apresente febre ou qualquer outro problema, busque sempre a ajuda de um médico-veterinário de confiança.

Cachorro com febre, o que fazer?

Qual remédio dar para cachorro com febre? Não dê nenhum remédio sem prescrição. Antes de levá-lo ao veterinário, apenas hidrate o animal, dando água para beber. Isso vai ajudar a baixar a temperatura do corpo, aliviando parte dos sintomas.

Uma boa alternativa é mergulhar uma toalha na água gelada e, logo em seguida, espremer bem e passá-la ao redor das orelhas e patas. Assim que a temperatura baixar, termine o procedimento e faça-o beber água. Para garantir que a febre seja solucionada de vez, encaminhe o cachorro ao veterinário.

Não dê remédios de humanos para os cães. As substâncias podem atacar o organismo do animal, deixando feridas ou até alterando o funcionamento dos órgãos vitais.

O remédio para cachorro, diferentemente dos que costumamos utilizar, é produzido especialmente para o organismo canino. Por isso os riscos de reações adversas são muito menores.

A febre em cachorro pode ser curada rapidamente se utilizada a medicação correta. Portanto reiteramos a importância de evitar a medicação sem nenhuma prescrição veterinária.

O que pode causar febre em cachorros?

Existe uma série de explicações do que pode causar a febre de cachorro. Fizemos uma lista de possíveis causas, confira:

  • Vacina - Pode ocorrer febre em até 48 horas após a vacinação.
  • Intoxicação - Ingestão de plantas, alimentos humanos, produtos químicos etc.
  • Vírus ou bactéria - Entre os casos mais recorrentes.
  • Problema dentário - Um dente solto, machucado ou gengiva inchada podem indicar a causa.
  • Problemas de pele - Feridas podem acumular bactérias, que aumentam as chances de infecção.
  • Infecção em órgãos internos - Geralmente nos rins e pulmões.
  • Infecção auricular ou urinária - Ambas são responsáveis pelo maior número de casos de febre.

Como saber se o cão está com dor?

A grande questão é: como saber se o cachorro está com dor, já que ele não pode falar? Pode parecer impossível, mas os cães sinalizam que há algo de errado, depois disso, vai depender da sensibilidade de cada tutor.

Fique sempre de olho no comportamento dele, e procure sempre apalpá-lo, dessa forma fica mais fácil encontrar um foco de dor ou uma ferida. Não se esqueça de levar o animal ao médico-veterinário, somente um profissional poderá fazer a avaliação correta e apontar a dor, sua causa e solução.

Quais os sintomas de um cachorro doente?

  • Agressividade - Ao sentir dor, o animal pode ficar agressivo como meio de defesa, principalmente quando é tocado ou quando o tutor tenta tocá-lo.
  • Postura arqueada - Pode significar que o animal está com dor, principalmente dores abdominais.
  • Expressão - Eles costumam apresentar uma cara nada amistosa: rangem os dentes, olhos quase que fechados, cabeça baixa e movimentos lentos.
  • Falta de apetite - A dor pode afetar o apetite e a sede, chegando a não beber mais água.
  • Apatia - Não brinca, não corre e quase sempre está deitado? Tudo indica que pode ser sintoma de dor.

Tem alguma dúvida sobre a saúde do seu cachorro? Acesse Dr. Naturalis e faça suas perguntas ao nosso médico veterinário.

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*