Comportamento do gato depois da maternidade

Deixe um comentário

Gatos possuem uma personalidade única e isso não é novidade para ninguém. Durante o período de gestação, o comportamento felino sofre diversas alterações que podem surpreender seus tutores; no entanto, saber identificar e respeitar cada um dos processos naturais deles é algo necessário para oferecer o melhor ambiente para a mãe e para o gato filhote.

Comportamento do gato após o parto

Após o nascimento, a mãe busca alimentar e proteger os gatos recém-nascidos. Dessa forma ela assegura a sobrevivência e o bem-estar dos felinos durante e após o desmame.

O colostro é o primeiro leite da gata. Esse alimento possui diversos nutrientes que são necessários para a formação dos filhotes, já que ajuda a fortalecer as defesas naturais dos pequenos. Por isso o seu consumo na fase inicial da vida é indispensável.

O período de amamentação exclusivamente com leite materno pode durar de 30 a 42 dias. Após essa fase é comum que a frequência da aleitação diminua por conta dos alimentos sólidos que começam a ser inseridos na dieta dos gatos filhotes.

As lambidas costumam ser a porta de entrada para a vida do filhote, já que têm o papel não só de estimular a respiração, mas também de direcionar seus filhos até as mamas. Esse estímulo também tem o objetivo de ajudar os filhotes a defecarem, já que eles ainda não possuem intestino formado.

Apesar de ter um comportamento bem parecido com o dos cães, os gatos costumam lamber mais os seus filhotes. Por conta do instinto maternal da gata, é comum que ela não se distancie dos filhotes, a não ser para satisfazer suas necessidades físicas e biológicas.

Nas 48 horas iniciais a lambedura é constante; aos poucos a frequência diminui, mas geralmente esse comportamento irá continuar até o 14.º dia.

Comportamentos do gato causados por deficiência de cálcio

A gestação de gata ainda pode apresentar alguns comportamentos raros. A agressividade tanto aos filhotes quanto às pessoas pode acontecer por causa da falta de cálcio no sangue devido à amamentação.

Por isso a visita ao veterinário é indispensável. Ele será responsável por indicar o melhor suplemento de cálcio e, assim, manter o comportamento felino dentro dos padrões agradáveis para todos os envolvidos nessa fase de vida da gata mãe.

Como se preparar para a chegada dos filhotes de gato

Preparar com carinho um lugar especial para a chegada dos novos membros da família é fundamental. Procure escolher um local calmo, sem circulação de pessoas e onde a gata já goste de ficar. Uma caixa será de grande serventia para a nova família, que deverá servir como um abrigo quente e bastante confortável.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>