Fungos em gatos: quer saber o que eles causam?

Deixe um comentário

Os fungos são organismos que vivem na natureza e podem ser encontrados na terra, na água, na matéria orgânica e na vegetação. Existem diversos tipos, sendo que alguns causam infecções sérias em seu animal de estimação. Os fungos em gatos são mais conhecidos por causar problemas de pele como as micoses; mas se não tratados, causam complicações que prejudicam a qualidade de vida do seu felino.

Doenças causadas por fungos

A micose em gatos é uma das principais doenças causadas por fungos, mas existem variações e até outros problemas. As patologias podem se apresentar de diferentes formas, pois depende do tipo de fungo que desencadeou o problema. Dentre os problemas mais comuns estão: dermatofitose, esporotricose, malasseziose e criptococose.

Sintomas de fungos em gatos

Ao notar os primeiros sintomas, o tratamento deve ser imediato. Por isso, esteja sempre atento ao comportamento do gato e faça inspeções diárias para identificar qualquer falha na pelagem ou sinal de anormalidade. Como existem diferentes tipos de fungos que podem afetar o felino, os sintomas variam dependendo do caso — entretanto, os mais comuns são:

  • áreas da pelagem com falhas;
  • descamação na pele;
  • vermelhidão;
  • seborreia;
  • feridas;
  • coceira.

Vendo que seu animal apresenta algum desses problemas, tome alguns cuidados para evitar o toque diretamente na área lesionada, pois pode se tratar de uma zoonose. Leve seu companheiro imediatamente a um veterinário para que ele faça o diagnóstico e indique os cuidados necessários para acabar com esse problema.

O veterinário fará a identificação do tipo de fungo que causou o problema e, a partir dessa informação, poderá orientar qual o melhor tratamento.

Como evitar os fungos em gatos

Como nós sabemos bem, a prevenção é sempre o melhor caminho. Por isso, invista na higiene de todos os espaços frequentados por seu companheiro, dando uma atenção especial ao quintal. Ao levar o gato para o pet shop, certifique-se de que há a separação de animais infectados dos saudáveis para evitar o contágio.

Também é fundamental que você tome todos os cuidados para evitar as fugas do gato para a rua. Instale telas nas janelas, grades e atenção ao abrir a porta ou o portão de casa. Essa preocupação é importante para a saúde do seu animal; pois além de reduzir o risco de doenças causadas por fungos, também o protege de brigas com outros animais, doenças contagiosas e da ação de pessoas mal-intencionadas.

Para proteger ainda mais seu animal, mantenha em a dia rotina de acompanhamento veterinário e, durante as consultas, peça orientações sobre produtos que ajudem na prevenção.

Caso tenha ficado alguma dúvida, clique aqui e deixe sua pergunta para o Dr. Naturalis!

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>