Importância de oferecer mais de um bebedouro para gatos

Deixe um comentário

Os gatos não são exemplares quando o assunto é beber água; e isso não é porque não gostam, mas porque são exigentes e nem sempre aceitam a água do seu potinho. Sendo assim, fica com você a missão de criar condições propícias que estimulem a hidratação dele. Vários truques podem ser incrementados no dia a dia do felino que o acabam ajudando a tomar mais líquido. Um bem simples é a colocação de vários bebedouros para gatos espalhados pela casa.

Tendo água sempre por perto é mais fácil estimular seu companheiro a consumir mais líquido – que é fundamental para a saúde dele, já que gatos possuem tendência a desenvolver problemas renais. Procure identificar os locais que o felino mais gosta de ficar e deixe a água em posições estratégicas que forcem o animal a se encaminhar para o bebedouro.

Mas é importante lembrar que seu melhor amigo não é muito fácil de agradar e você tem que entrar no ritmo dele. Muitas vezes, conhecer os hábitos dos ancestrais felinos ajuda a entender melhor o comportamento do gato da sua vida. No que diz respeito a ingestão de água, os animais na natureza buscavam por fontes limpas e correntes, como garantia de que se tratava de uma água propícia para consumo, sem sujeira e contaminantes.

Esse mesmo instinto acompanha os gatos de estimação; por isso não adianta espalhar vários bebedouros pela casa e esquecer, a água deve ser trocada algumas vezes por dia, principalmente em períodos mais quentes. Se puder investir em uma fonte de água para gatos é ainda melhor, pois ela mantém a água corrente, o que atrai ainda mais o seu amigo.

Outra dica é para que não deixe a água perto do pote de ração. A tendência é que o gato considere aquela água contaminada.

Saúde felina: quanto de água beber por dia

A quantidade ideal de água por dia depende muito de dois fatores, que são o clima e o peso do animal. O recomendado é que o gato consuma no mínimo 50 mL de água por quilo para receber uma hidratação adequada. É comum que os felinos passem a tomar menos água em dias frios e mais em dias quentes, por isso não precisa se preocupar com algumas mudanças. Caso note uma alteração de hábito muito drástica, é recomendado que busque orientação de um veterinário.

Os felinos possuem a capacidade de produzir uma urina concentrada, o que compensa a baixa ingestão de água. Entretanto, quanto menor a quantidade de água, maior o risco do animal desenvolver problemas renais, como cristais na urina e cálculos nos rins.

Além da hidratação, a alimentação do gato também influencia em sua saúde renal, por isso é fundamental contar com uma ração para gatos de qualidade que tenha níveis adequados de sódio. Alimentos não balanceados e desenvolvidos com ingredientes de má qualidade podem ter alta concentração de sódio para aumentar a palatabilidade, e isso é prejudicial para a saúde do animal. Sendo assim, para garantir que seu gato tenha mais qualidade de vida e saúde, siga as nossas dicas para estimular o consumo de água e escolha a melhor Naturalis para ele.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>