Meu gato não quer comer! O que eu faço?

Deixe um comentário

Depois das sonecas e dos seus carinhos, uma das coisas que os felinos mais amam é comer aquele pote caprichado de Naturalis. E é por isso que você fica em desespero quando percebe que o gato não quer comer. Esse não é um comportamento felino normal e indica que existe algo errado ou que está incomodando seu companheiro.

Diversos fatores podem desencadear a falta de apetite nos gatos e saber identificar em qual deles seu felino se encaixa é importante para tomar uma atitude que reverta essa condição:

  • Mudança de casa: sair do seu ambiente pode causar estresse ao gato e isso faz com que ele pare de comer;
  • Mudança de rotina: qualquer acontecimento que mude os hábitos do felino – como viagens, horários diferentes para as refeições e outras questões – podem levar o gato a rejeitar o alimento;
  • Caixa de areia perto do pote de ração: gatos são animais super higiênicos e irão pular as refeições até que você resolva esse problema;
  • Pote de ração em lugar diferente: não tente mudar o cantinho de comer do gato sem pensar que ele não notará;
  • Troca da ração: por terem um paladar mais exigente, os gatos levam um pouco mais de tempo para se acostumarem ao novo sabor. Por isso, tenha o cuidado de fazer a troca gradualmente, misturando as duas rações para gatos e aumentando, aos poucos, a quantidade do novo alimento.

Dicas para quando o gato não quer comer

  • Se o caso do seu felino se encaixar em alguma das situações que causem estresse, como mudança de casa ou viagens, é importante que você tente amenizar essa sensação dando muito carinho e transmitindo segurança ao animal;

  • Não é nada agradável ver seu companheiro sem comer e é, então, que você tenta estimulá-lo de todas as formas. Mas, lembre-se de nunca dar sua comida para ele. Como o paladar do gato é mais exigente, pode ser que não queira comer a ração se gostar mais da comida caseira que ofereceu;

  • Caso a falta de apetite se prolongue por mais de um dia ou venha acompanhada por outro sinal, procure um veterinário. O quadro pode indicar algum problema de saúde que deve receber um tratamento adequado.

Lipidose hepática em gatos

Não é segredo para ninguém que a alimentação dos gatos está diretamente ligada à saúde deles. Todos os nutrientes, vitaminas e sais minerais essenciais para o desenvolvimento saudável dos felinos devem ser consumidos por meio da ração e, quando eles param de comer, todo o organismo é afetado e problemas nutricionais podem aparecer.

No caso dos gatos, reverter a falta de apetite é fundamental, pois o jejum prolongado pode levar à Lipidose Hepática. Quando o animal é acometido por essa doença, o seu organismo começa a quebrar gorduras depois de 48 horas de jejum e isso causa uma sobrecarga para o fígado que passa a acumular esse excesso de gordura.

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>