O limite entre ser fofinho e obeso

Deixe um comentário

É claro que os cães adoram comer, não é verdade? Mas é bom ficar de olho no tipo de alimentação e, principalmente, nas quantidades que esses lindões estão comendo. O descuido pode levar nossos amigos de quatro patas à obesidade, problema que traz diversas complicações para a saúde do animal.

Cães obesos tem maior chance de desenvolver diabetes, além disso, sofrem com aumento nos níveis de triglicérides e colesterol, pancreatite e hipertensão arterial.

Isso porque o aumento de peso causa alterações no funcionamento do seu organismo, um exemplo comum é a dificuldade em respirar que o seu cãozinho passa a sofrer, afinal, o excesso de gordura pode comprimir estruturas como a traqueia e os pulmões, tornando algo tão fácil como respirar uma tarefa cada vez mais difícil.

Hoje em dia, a obesidade em animais vem se tornando um problema ainda maior pois os nossos amigos de quatro patas tendem a ter o mesmo ritmo de vida de nós, os seus donos. Isso quer dizer que quanto mais sedentários os donos são menos exercício os lindões vão fazer.

E o mesmo acontece quando o assunto é alimentação. Aquele velho ditado de você é o que você come nunca foi tão verdadeiro. Nossos amigos de quatro patas possuem necessidades nutricionais específicas e a comida nossa do dia-a-dia, como aquele pratão de arroz e feijão, não são capazes de fornecer todos os nutrientes, vitaminas e minerais que eles tanto precisam para crescer fortes e saudáveis.

Por isso, evite alimentar seu cão com comida de humano. As rações são a nutrição ideal e feitas especialmente para atender a cada necessidade que o seu cão possui. E se você tem o costume de misturar comida com ração e dar ao seu animal, o perigo é dobrado! Ao fazer isso, o seu amigo de quatro patas pode estar comendo em excesso e sem receber as quantidades diárias ideias de nutrientes.

Para que o seu cão não tenha que passar por esse problema, é essencial uma alimentação balanceada de acordo com a raça e o estilo de vida do animal. Naturalis oferece uma nutrição rica em nutrientes, vitaminas e equilibrada para que o seu animal viva mais feliz e saudável.

Além disso, o nossos amigos de quatro patas precisam se exercitar todos os dias. É sempre bom combinar caminhadas com muitas brincadeiras!

É importante lembrar que não é só a má alimentação e a falta de exercício que levam os animais a obesidade. Fatores genéticos, castração e doenças hormonais também podem ser motivos dessa nova preocupação que afeta tanto os animais quanto os seus donos. Por isso o acompanhamento de um veterinário é sempre bem-vinda!

Com esses cuidados, o seu cão será sempre fofinho sem correr o risco de ficar obeso!

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>