Os 7 alimentos mais prejudiciais à saúde de seu cão.

2 Comentários

Todo mundo sabe que cães não podem comer comida de GENTE, né? Cães só podem se alimentar de rações, que são alimentos específicos para eles, com nutrientes e vitaminas necessárias para seu desenvolvimento e bom funcionamento do organismo.

Mas, muitas pessoas dão comida a seus cachorros, por que quando estão comendo, os cães ficam olhando com aquela carinha de: “Me dá só um pedacinho, vai?” e aí sentem pena e dão. Isso é errado pessoal!


O organismo dos cães e seu sistema digestivo, são muuuuito diferentes do nosso. Então, não podemos dar comida a eles, principalmente alguns alimentos específicos.
Os alimentos que comemos, podem ser muito prejudiciais à saúde de seu amigão e alguns são bem perigosos, podendo ser tóxicos e até fatais.

Veja só a lista de 7 alimentos que são prejudiciais à saúde de seu cão:

- Alho

Apesar de ser um alimento muito consumido e saudável para os humanos, o alho é muito prejudicial à saúde de seu cão. Ele possui uma substância chamada tissulfato, que destrói as células vermelhas do sangue, podendo causar anemia e em piores casos, falência renal, devido à perda de hemoglobinas. Tome muito cuidado para que seu cão não coma alho e nem alimentos temperados com ele. Não dê e fique atento, pois o cão pode consumir alho acidentalmente.

- Café

Cuidado na hora do preparo do café! Vai que seu cão ingere acidentalmente, né? O café é um estimulante cardíaco, que pode causar arritmia em seu cachorro, além de possuir uma substância chamada persina, que pode ocasionar em um desarranjo gastrointestinal, causando dores, desconfortos abdominais, diarreia, vômito e fraqueza.

– Cebola

A cebola tem alto potencial tóxico no organismo de seu cão, pois também contém tiossulfato – uma substância que pode causar anemia e problemas gástricos, se o consumo for frequente. Os sintomas são: fraqueza, vômito, diarreia, sangue na urina, falta de apetite e até dificuldade de respirar.
Então, seja qual for o porte de seu cão, se ele ingerir cebola acidentalmente, procure um veterinário imediatamente e evite que a situação se agrave.

 – Chocolate

Parece inofensivo, mas não é. O chocolate é uma delícia para nós, humanos, certo? Para os cães, ele pode ser fatal! Se um cachorro ingerir uma quantidade alta de chocolate, ele pode morrer! Então, tome cuidado para não deixar em locais de fácil acesso para seu cão, as caixas de bombons, ovos de páscoa e barras de chocolate, pois se ele encontrar, pode comer muito e isso é bem perigoso.
Isso tudo, porque chocolate contém teobromina, que é uma substância que está presente no cacau, e ela é tóxica no organismo do cão.

Em relação aos doces, eles não possuem um ingrediente tóxico, mas possuem altos níveis de açúcar, que não é de fácil digestão no organismo de seu cãozinho. Doces com leite também podem ser perigosos, pois muitos cães possuem intolerância à lactose, o que pode ocasionar em diarreia e desconforto abdominal.
Os doces dietéticos, geralmente são adoçados com xilitol, uma substância que pode causar danos hepáticos e até morte em cães de menor porte. Então, também são proibidíssimos!

 

- Massa de pão ou bolo crua

Isso é bem perigoso, viu gente? Na hora que estiver fazendo um pão em casa, jamais dê um pedacinho da massa crua ou deixe seu cão lamber a colher da mistura do bolo que vai assar! O fermento que contém na massa crua é muito perigoso para a saúde de seu cachorro, pois ele pode se expandir no organismo dele e causar muita dor e nos piores casos, uma ruptura intestinal!


- Uva

Apesar de fazer muito bem para nós humanos, a uva é altamente tóxica para os cães. Com a ingestão de alta quantidade de uva, os cães podem apresentar insuficiência renal e quadros de envenenamento, que muitas vezes não são reversíveis e ocasionam em uma morte lenta e dolorosa. Portanto, uvas são altamente proibidas para cães!   

,

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>