Ossos de galinha e cães: um erro de combinação

Deixe um comentário

Quando estamos fazendo aquele churrasco gostoso com todo mundo reunido com direito à presença simpática dos nossos amiguinhos cães, parece que nada vai conseguir estragar nosso dia, não é mesmo?

Mas para que a alegria seja completa sem interferências, precisamos tomar alguns cuidados quando o assunto engloba ossos de frango e peludinhos.

Roer é uma atividade essencial para os cães, pois ela ajuda a suprir algumas necessidades nutricionais que eles têm. Porém, dar ossos de galinha, de frango ou costela de porco para os cãezinhos pode acarretar em tragédias.

Esses ossos que sobram do churrasco costumam ser mais quebradiços e podem soltar lascas. E a chance dessas lascas perfurarem o intestino e estômago do seu amiguinho é muito grande.

A perfuração dos órgãos internos resulta em hemorragia e infecções, uma vez que o caminho para a ação das bactérias está totalmente livre. Por isso, temos que ficar muito atentos aos nossos cachorros em dia de churrasco, porque com certeza eles vão tentar pegar um osso para roer.

Nosso conselho para evitar tal fatalidade é: dê ossos sintéticos para seu cãozinho roer! São desenvolvidos para animais, feitos de couro bovino e podem ser encontrados em qualquer loja especializada. Além dos cães adorarem, eles são nutritivos e contêm vitaminas e cálcio.

É interessante ressaltar também que qualquer alimento que não seja ração ou petiscos feitos especialmente para os cães não é bom para a saúde deles. Por mais que eles façam aquela carinha de quem quer um pedacinho de carne para se alegrar, o ideal a se fazer é ignorar aqueles olhinhos sedutores e dar apenas aquilo que é saudável para eles: ração.

Depois dessas dicas seu churrasco vai ficar mais tranquilo, não é mesmo? Sem contar que também vai ser mais divertido para todo mundo!

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>