Quantidade de ração natural para gato castrado

2 Comentários

Oferecer a quantidade de ração ideal para um gato castrado é contribuir para sua longevidade e qualidade de vida. Sabemos o quanto é difícil resistir à carinha que eles fazem quando querem mais ração, não é mesmo? Seguindo as nossas dicas, garantimos que o desafio ficará mais fácil!

Gato castrado: por que a alimentação muda?

A castração do gato é uma forma de demonstrar que você ama e cuida do seu gato, pois trata-se de um procedimento que proporciona diversos benefícios para a saúde dele, como evitar doenças.

Mas é importante se preocupar com uma alimentação específica para gato castrado, já que as necessidades energéticas mudam. Alguns animais também desenvolvem propensão a formação de cálculos renais, nesse contexto uma alimentação balanceada e enriquecida com vitaminas faz toda a diferença.

Cada fase da vida animal possui uma necessidade diferente, após a castração do gato é essencial oferecer uma nutrição completa, contendo todos os nutrientes, minerais e vitaminas que ele precisa.

Problemas causados pela quantidade de ração em excesso

Assim como nós, os gatos também devem consumir uma quantidade exata de calorias por dia para evitar o ganho de peso. Alguns tutores cometem o erro de deixar ração à vontade para o gato ou servir ração não adequada ao organismo do gato castrado; se você faz isso, cuidado! Essa atitude implicará em consequências sérias para a saúde do felino. Entre elas, listamos as mais comuns:

  • obesidade;
  • redução da expectativa de vida;
  • problemas ortopédicos, respiratórios e cardiovasculares;
  • pedras urinárias;
  • reações alérgicas;
  • problemas gastrointestinais;
  • diabetes.

Escolha uma ração natural para gato castrado com menos calorias, mas rica em vitaminas e sais minerais.

Como calcular a quantidade de ração ideal para gato castrado?

Aliar a quantidade certa de ração a uma alimentação natural é essencial. O peso, idade e prática de exercícios físicos devem ser considerados na hora de escolher a melhor nutrição para seu gato.

Quer saber qual é a quantidade de ração natural para gato castrado? Desenvolvemos uma ferramenta para facilitar esse cálculo. Basta preencher alguns dados sobre o seu felino e informar qual ração Naturalis você oferece para ele. Nossa calculadora mostrará a quantidade exata que você deve oferecer por dia.

Atenção: a porção indicada é referente à quantidade total para a alimentação diária, portanto faça a divisão de acordo com a frequência que alimenta o seu gato (ex.: duas vezes ao dia).

Veja qual a quantidade ideal de alimento clicando na calculadora de ração.

Benefícios da castração para a saúde do gato

A principal função da castração é evitar a reprodução e, consequentemente, diminuir o número de gatos abandonados. Mas o que algumas pessoas não sabem é que esse ato também proporciona benefícios para a saúde felina, por exemplo:

  • Evita diversas doenças.
  • Fêmeas não entram no cio.
  • Machos se tornam menos agressivos.
  • Evita a marcação de território.
  • Diminui as chances de desenvolver câncer de mama e ovário.
  • Diminui risco de desenvolver câncer no testículo.

Aliar a castração a uma ração natural para gato castrado é a melhor escolha que você pode fazer para garantir a qualidade de vida do seu gato. Afinal, ele merece tudo de bom, né?

Conheça nossos produtos

, , ,

2 Comentários - Quantidade de ração natural para gato castrado

  • Benedita Pereira da Mota disse:

    Bom dia minhas 2 gatinhas são castradas, uso a ração para gato castrado Gold. mas estou pensando em mudar umas das gatinhas vomita muito

    • Naturalis - Total Alimentos disse:

      Bom dia, Benedita. Tudo bom??

      A Naturalis tem uma nutrição para Gatos Castrados, sabia? Ela possui menos calorias, sendo ideal para o controle do ganho de peso, ajuda na saúde intestinal e menor odor das fezes e controla o pH urinário, para uma vida saudável. Link a seguir: http://bit.ly/2uzAgAk

      Quando você for realizar a troca de ração, nunca faça uma troca brusca, é sempre indicado a troca gradual da ração, da seguinte forma: os dois primeiros dias, 25% do alimento novo e 75% alimento antigo; terceiro e quarto dia, 50% de cada tipo de alimento; no quinto e sexto dia 75% do alimento novo e 25% do alimento antigo; sétimo dia em diante 100% da alimentação nova. Assim você impede que sua gatinha passe mal ou sinta dores causadas pela troca repentina da ração.

      Caso ela continue passando mal, procure um médico veterinário o mais rápido possível, pois ele será a única pessoa a diagnosticar e passar um tratamento especifico para ela. Qualquer coisa é só entrar em contato, ficamos à disposição.

      Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*