Saiba os riscos que os cãezinhos correm em dias de calor intenso

Deixe um comentário

O verão já está acabando, mas os dias parecem cada vez mais quentes e secos. Por conta disso, expor seu cãozinho ao calor intenso pode representar alguns riscos! Saiba quais são eles:

Queimaduras

Para evitar as queimaduras, além de não expor seu cão ao sol entre 10h e 16h, use um bloqueador solar próprio para cães, principalmente se ele tiver a pele clara. Os locais que precisam de mais proteção são ao redor do focinho, pontas das orelhas e onde mais a pele for, possivelmente, despigmentada.

Insolação

Ao expor seu cãozinho ao sol forte em uma corrida ou caminhada, trancá-lo num carro abafado ou, simplesmente, privá-lo de sombra e água fresca em um dia muito quente, você pode colaborar com a elevação da temperatura do corpo do pet de forma dramática, o que causa a hipertermia. Por isso, muita atenção ao seu cão nos dias abafados e quentes!

Desidratação

Nunca deixe seu cão sem água fresca. Além disso, para deixá-la mais agradável, você pode colocar cubos de gelo na água, isso ajuda a regular a temperatura do corpo. Se viajar, procure horários de temperaturas mais amenas e tenha em mãos uma garrafa d’água para seu cão, junto a um recipiente próprio para ele.

Parasitas

Carrapatos, pulgas, moscas e outros insetos aparecem com mais frequência nos meses quentes. Por isso, vale conversar com um veterinário de confiança para intensificar a proteção do seu cão com produtos preventivos, como coleiras, produtos de higiene e outros.

Viu só como é importante reforçar os cuidados com seu cão em dias quentes? A proteção é sempre o caminho mais seguro!

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>