Castração de cachorro fêmea: qual a idade certa?

Deixe um comentário

A castração da fêmea é umas das melhores soluções no que diz respeito à saúde e ao comportamento da fêmea.

Para entender melhor como esse procedimento cirúrgico é tão importante para a qualidade de vida do seu cão, vamos explicar a importância da castração de cachorro fêmea.

O que é a castração?

A operação é uma cirurgia que serve para que a fêmea se previna de problemas sérios que, inclusive, podem representar uma séria ameaça à sua saúde.

A idade certa para castrar a cadela sempre vai variar. Grande parte dos veterinários recomendam que o procedimento deve ser feito entre seis a oito meses de vida, quando o animal trocou seus dentes e tomou todas as vacinas.

Observação: como o animal de cada porte possui desenvolvimento em ritmos distintos, busque orientação do veterinário de sua confiança. Após uma avaliação, ele poderá determinar o momento correto de realizar a cirurgia.

Vantagens da castração na fêmea

De uma forma geral, sabemos que a castração tem uma série de benefícios para a qualidade de vida do animal e também para seu tutor.

Porém, existem alguns benefícios que se aplicam somente no caso das cadelas, quer ver?

Por que castrar a fêmea?

  • Não deixa a cadela no cio.
  • Evita gravidez psicológica.
  • Evita gravidez indesejada.
  • Evita a piometra (infecção no útero).
  • Combate a transmissão de doenças geneticamente transmissíveis.
  • Aumenta a expectativa de vida da cadela.

Segundo os veterinários, a principal desvantagem da castração da cadela é a tendência à obesidade. Por isso, é necessário que, após o procedimento, a fêmea passe a ter uma alimentação diferenciada e mais atividade física em sua rotina. Quando castrada bem nova, por volta dos quatro meses de vida, a cadela consegue ter um autocontrole alimentar bem melhor.

Dia a dia de uma cadela castrada

Acostume-se com a “preguiça” da cadela depois do procedimento. O organismo se altera, deixando o ritmo do corpo mais lento e calmo. Passar horas dormindo é muito comum na rotina desses animais, mas isso não é uma regra, viu?

Após a recuperação, é importante levar a cachorra para passear e viver a vida da melhor forma. É extremamente importante que isso seja feito, já que, ao longo de um período sem atividade física, a cadela ganha peso e corre risco de apresentar obesidade.

Não medique o animal sem prescrição médica e se informe com conteúdos relevantes e comprovados.

Sobre a alimentação, busque a indicação do veterinário de sua confiança. Antes de indicar, ele vai avaliar a saúde, o porte e também o peso.

É muito importante entender o mundo da castração do cachorro fêmea para, dessa forma, saber de fato o quão benéfico esse procedimento vai ser. Antes de terminar, vamos deixar um artigo excelente para ajudar os tutores com cães no cio em casa. Dê uma lida, que temos certeza que as dicas vão ser uma mão na roda para você.

 

Por hoje é só, mas fique à vontade para ler nossos outros artigos. Viva mais com Naturalis!

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*