Castração em gatos machos

Deixe um comentário

Castração em gatos machos

O processo de castração de felinos machos é uma parte muito presente na vida do tutor, principalmente quando seu gatinho é filhote. Surgem muitas dúvidas nesse período e esse texto visa salientar os pontos positivos desse procedimento, além de te ajudar com as principais questões sobre ele.

Em primeiro lugar, a castração é indicada para o tutor que não planeja uma ninhada do seu animal, pois se trata de uma esterilização do mesmo. É um procedimento que contém a reprodução indesejada e a procriação sem que o tutor saiba, no caso dos gatos machos.

A idade ideal para castração é de 4 a 6 meses, de acordo com os veterinários, porém também pode ser realizada na fase adulta, se for o caso. Não pode ser feita com o gato muito filhote para não interferir na ação hormonal e nem no desenvolvimento do animal.

A falta da castração pode gerar comportamento agressivo, territorialista e aumento de brigas, principalmente entre machos. Além disso, o gato macho não castrado tem maior incidência de marcação de território através do xixi, e uma maior predisposição para doenças infectocontagiosas, como a FIV, e doenças no trato reprodutivo, como cânceres.

Já como benefícios, a castração dos gatos machos contribui para o controle populacional nas cidades, para a redução do odor da urina, para a melhor relação com felinos e humanos e evita brigas e doenças.

O procedimento é feito mediante anestesia, e costuma ser muito simples, podendo nem ser necessário os pontos. Não apresenta riscos à vida do animal, e precisa de um cuidado pós-cirúrgico de curto período, que envolve somente a limpeza do local e manuseio de remédios pra dor, se for o caso.

Gostou das informações? Se ainda restaram dúvidas, nos mande um comentário ou mensagem através do Instagram que nós te ajudamos!

Conheça nossos produtos

, ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*