Como saber identificar a sensação térmica dos gatos

Deixe um comentário

Com as mudanças de temperatura ao passar das estações, nossa sensação térmica, isto é, a forma que sentimos a temperatura do ambiente, muda e nos perguntamos se a dos nossos gatinhos também. Nesse texto vamos ajudar os tutores a entenderem melhor o comportamento animal dos gatos perante ao frio e ao calor, a fim de conseguirmos lidar melhor com as necessidades dos nossos felinos.

De maneira geral os gatos tem a temperatura corpórea mais quente que a nossa.

A temperatura média de um gato varia entre 38°C e 39,2°C que é acima da média dos humanos. Por isso que é tão gostoso fazer carinho neles - é quentinho! Mas assim como nós, eles podem ter febre (quando a temperatura está acima da média máxima) e hipotermia (se a medida está abaixo da média), em caso dessas condições devemos levá-lo ao veterinário.

Será que nos dias gelados meu gato está bem aquecido e os pelos são suficientes?

Nos dias frios, os gatinhos gostam de dormir aninhados com o tutor ou em algum lugar mais quente dentro de casa. Então sim, eles sentem frio - até mesmo os que tem pelos mais longos! Os gatos com frio geralmente ficam com pelos arrepiados, postura mais encolhida e podem até “dar” pequenas tremidas. Se identificar esses sinais ou perceber que o dia está mais frio que o normal, procure manter o gato nos ambientes internos, principalmente à noite. De dia eles podem aproveitar um solzinho para se aquecer, de preferência na própria casa. Isso também os deixa menos suscetíveis às doenças que têm maior incidência no frio, como a gripe. Disponibilize, o sofá, uma almofada ou uma caminha e coloque uma manta quente para eles. Se puder aproveite para deixá-los dormir com você nesses dias, pois o calor humano é uma ótima forma de aquecê-los.

O que fazer para ele se refrescar quando o dia está muito quente?

Nos dias com temperaturas acima de 25°C os gatos já podem sentir calor. Assim como nós o calor pode deixá-los desconfortáveis. Alguns sinais de que ele não está muito bem com a temperatura são: respiração acelerada ou com a boca aberta, apatia, salivação e caminhar desastrado. É preciso ficar atento também quanto a falta de ingestão de comida e água, que podem levar a desidratação. Para tornar esses dias quentes mais agradáveis indicamos: bastante oferta de água fresca e/ou com gelo, ventilação ou ar-condicionado e sombra. Além disso, caso ele tenha muito pelo, a tosa é recomendada no verão ou em localidades mais quentes

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*