Gestação do gato: qual a melhor ração?

Deixe um comentário

Já não é novidade para ninguém que a alimentação do felino é um fator decisivo em todos os momentos, influenciando diretamente em sua qualidade de vida. Porém, é importante ressaltar que cada etapa necessita de uma dieta específica, principalmente quando estamos nos referindo à gestação do gato.

Na etapa reprodutiva, a alimentação é fundamental no desenvolvimento correto de cada fase da gestação. Por essa razão, é importante escolher a ração certa para esse período da vida felina.

Como a ração influencia na gestação felina?

A nutrição estabelece uma relação importante com a gestação dos gatos, já que a ração certa pode evitar conflitos durante essa fase, além, é claro, de ajudar no desempenho maternal, tanto antes quanto depois de os filhotes nascerem.

Durante o período de gestação do gato, existe grande aumento nas exigências nutricionais. Tudo isso para certificar que os filhotes venham ao mundo de forma saudável e garantir a segurança da vida da gata, que dará a luz em breve. 

Nessa etapa, é necessário que a quantidade de nutrientes que o felino recebe seja elevada, para que o útero, glândulas mamárias, placenta, embrião e, é claro, para que os filhotes se desenvolvam da forma correta. E a ração atua diretamente nesses processos. 

Influência da ração no pós-nascimento

Engana-se quem pensa que a influência da ração acaba quando os filhotes nascem. A nova mamãe terá mudanças comportamentais após o parto e vai continuar necessitando de uma nutrição específica, dessa vez para a lactação, ou, como conhecemos, o período de amamentação. 

A produção do leite pode ser cansativa para as gatas, já que grande parte da energia produzida vai para esse processo. Além disso, é normal que o animal perca peso durante essa fase. A ração correta é a garantia que tudo isso ocorra de forma segura e que não exija muito de sua companheira felina.

Falta de nutrientes na gestação e suas consequências

As consequências de uma nutrição não adequada ao processo de gestação pode trazer complicações para a gata e também para os filhotes. Quando nos referimos à gestante, os problemas podem ser: 

  • Anemia.
  • Hipertensão.
  • Complicações no parto.

Já para os filhotes, a falta de nutrientes durante a gestação pode acarretar em complicações como:

  • Retardo no crescimento.
  • Malformações.
  • Reabsorção embrionária.

Vale lembrar que, em casos mais severos, a nutrição falha pode acarretar o falecimento, tanto da gata, quanto de seus filhotes. Não hesite em contatar um médico veterinário para obter mais orientações caso mamãe ou filhotes não estejam se alimentando bem. 

A melhor ração para a gestação

Como já citado, a ração adequada é indispensável para uma gestação saudável, porém, são poucos os tutores que possuem o conhecimento de qual é a melhor ração para o caso. Antes de mais nada, é importante saber que os nutrientes em excesso também podem prejudicar o gato, portanto não é recomendável que a complementação seja feita com alimentações caseiras.

Durante os 40 primeiros dias de gestação, recomendamos uma ração que seja rica em vitaminas e proteínas, com ingredientes que auxiliem diretamente no desenvolvimento dos gatos, por isso, indicamos a Naturalis Gatos Filhotes - Peixe & Frango, uma ração superpremium, que possui uma composição rica em nutrientes, além de ter uma formulação 100% natural, que auxilia na gestação das felinas.

Naturalis Gatos Filhotes - Peixe & Frango também pode ser utilizada até o fim da amamentação, trazendo segurança nessa importante etapa. Outra grande vantagem dessa linha é que não possui corantes e conservantes artificiais em sua composição.

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*