Por que não podemos dar comida humana para nossos pets?

Deixe um comentário

 Por que não podemos dar comida humana para nossos pets?

Quem nunca recebeu olhares “pidões” dos amigos de 4 patas na hora das refeições?

Apesar de ser tentador dividir um pouquinho da nossa comida com eles, explicamos por que temos que ter muita atenção com a alimentação dos nossos pets.

Nós, tutores, acabamos sempre humanizando nossos pets e tendo a sensação de que nossa comida é mais cheirosa e gostosa que a deles. Porém, devemos nos lembrar de que nosso corpo e nosso trato digestivo foram se adaptando ao nosso modo de vida com o passar das gerações. Já o deles, não se adaptou a esses mesmos estímulos.

Existem alimentos na comida que consumimos no dia a dia que são extremamente tóxicos para os animais, além de que, nunca na história evolutiva deles, eles experimentaram certos alimentos. Por isso, é preciso ter muita cautela.

Temos que tomar cuidado na hora de aplicar o conhecimento de nutrição humana na alimentação dos pets, que têm necessidades especiais e únicas para cada espécie e raça. O carboidrato simples, por exemplo, amplamente utilizado na dieta humana, deve ser evitado para cães, pois seu consumo aumenta consideravelmente a chance de diabetes, úlceras e problemas intestinais.

Isso não quer dizer que cães e gatos não possam ter uma alimentação natural. Hoje em dia, muitos tutores têm optado por uma dieta à base de alimentos naturais, crus ou cozidos, para seus pets. Entretanto, essas refeições são elaboradas com os ingredientes adequados, nas quantidades certas e seguindo as orientações nutricionais necessárias. Ou seja, também são supersaudáveis! Só não podemos confundir, em nenhum momento, alimentação natural e balanceada com alimentação “humana”, feita com temperos fortes, frituras, processados etc.

Sendo assim, separamos alguns alimentos do dia a dia dos humanos que são especialmente problemáticos aos nossos amigos, para que tenhamos a consciência de que a alimentação dos animais domésticos requer responsabilidade. Uma dieta balanceada consiste não só na qualidade e na escolha dos alimentos corretos, mas nas quantidades deles entre si e na complementação dos nutrientes.

Alimentos proibidos para pets: cebola e alho, abacate, uvas e passas, tomate, massas e pães com fermento, chocolates, doces e álcool. Ah! E nada de oferecer restos de alimentos que sobraram do seu almoço ou jantar, esse hábito pode oferecer riscos à saúde dos peludos.

Um tutor responsável pesquisa e respeita a dieta de seu animalzinho.  Consulte sempre seu veterinário!

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*