Priapismo em cães: o que é, sintomas e como tratar

Deixe um comentário

Naturalis Total Alimentos | BlogQuando amamos, cuidamos e preservamos o bem-estar de nossos animais, entendemos suas características e, consequentemente, sabemos identificar quando existe algo fora do normal. Não é raro que doenças em pênis de cachorro surjam, tirando a qualidade de vida dos nossos amigos. O priapismo em cães, por exemplo, é um desses problemas que deve ser tratado logo que surgirem os primeiros sintomas.

O que é priapismo em cães?

O priapismo em cães tem como principal sintoma a ereção involuntária e persistente, que surge sem que o animal tenha algum tipo de estímulo sexual.

O problema de ereção pode chegar a durar cerca de quatro horas, deixando o pênis do cão exposto e inchado. Apenas o médico-veterinário pode apontar um diagnóstico correto, portanto, se tiver qualquer dúvida, entre em contato com um profissional de confiança.

Como surge o priapismo?

Esse problema no pênis do cachorro pode aparecer em função de diversas questões, tais como: trauma durante o ato sexual, infecção, lesão na medula espinhal, tromboembolismo, obstrução do fluxo sanguíneo no pênis ou pode ocorrer sem causa definida.

Existem outras causas menos comuns, mas que valem a nossa atenção:

  • desconforto com retorno venoso;
  • cistite;
  • consumo de remédios sem prescrição.

Como tratar o priapismo?

Na maior parte dos casos, recomenda-se a castração de cachorro como tratamento, que, além de recuperar a saúde do animal, evita problemas sérios de saúde e aumenta a expectativa de vida do cão.

O tratamento imediato pode ser realizado com compressas de gelo e medicação que somente pode ser indicada por um médico-veterinário.

Lembre-se, sempre que notar algo de errado é preciso levar o animal imediatamente ao veterinário. Quanto antes iniciar o tratamento, melhores serão os resultados.

Outras doenças em pênis de cachorro

É muito importante acompanhar as informações sobre a saúde dos cães. A cada dia encontramos novos dados que podem, sim, mudar a forma como cuidamos de nossos pets.

Pouco se fala sobre as doenças que causam problemas no pênis dos cães. Pode não parecer, mas é comum que diante de situações adversas os tutores não saibam exatamente o que fazer.

Acompanhe o desenvolvimento do seu amigo, faça isso de todas as formas. Procure contar com a ajuda de um médico-veterinário de confiança. Não medique um animal sem consultar um veterinário. Remédios não indicados ou em dosagem errada podem causar sérios danos à saúde.

Balanopostite em cães

A balanopostite é uma doença peniana caracterizada pela inflamação do prepúcio, que é a pele responsável por cobrir o pênis do cachorro.

O problema é causado por um desequilíbrio na região peniana, seja por meio de algum organismo ou fimose, podendo ser causada inclusive por algum trauma. O sintoma mais comum é o corrimento, que pode causar dor e sangramento. Em casos mais graves pode haver lesões e necroses.

Mais uma vez, vale ressaltar a importância de uma avaliação profissional. A você cabe acompanhar seu amigo e saber identificar quando algo está fora do normal.

O que é parafimose?

A parafimose em cães faz com o que pênis do animal fique exposto logo após a ereção. A doença surge em consequência de trauma ou neoplasia, como o TVT em cães.

Em um primeiro momento, essa exposição do pênis é normal, mas com o tempo, em decorrência de uma má circulação na região, surge o inchaço.

Inicialmente, o problema pode ser resolvido clinicamente com uma manobra do veterinário para retornar o pênis à cavidade prepucial. Para esse processo aplicam-se tranquilizantes, lubrificantes e compressas, ou seja, deve ser apenas realizado por um médico-veterinário.

TVT em cães

O tumor venéreo transmissível (TVT) é uma doença sexualmente transmissível que também pode ser conhecida como sarcoma infeccioso. A transmissão acontece durante a relação sexual ou quando o animal lambe ou cheira as genitais de um cão doente.

Entre os sintomas é comum o aparecimento de tumores em diversas partes do corpo, isso ocorre devido à alta capacidade de multiplicação das células. Pode ser tratada por meio de cirurgia, radioterapia ou quimioterapia.

Fimose em cães

A fimose em cães é caracterizada pela dificuldade do animal em externar o pênis, pois a abertura da fimose é muito pequena, o contrário do que acontece na parafimose. Inflação no genital ou dificuldade em acasalar são sintomas comuns desse problema.

Encontramos outras formas de identificar o problema no animal:

  • cão lambe muito a região;
  • muita dificuldade em urinar;
  • acúmulo de urina no prepúcio.

Alimentação do cachorro

O ideal para fortalecer o organismo e melhorar o desenvolvimento do cachorro é oferecer como alimento uma ração natural para cães formulada com ingredientes de alta qualidade.

Conheça a linha completa de Naturalis, uma ração livre de corantes e conservantes artificiais. Seu amigo merece o melhor cuidado e carinho.

Confira nossa linha completa e escolha a melhor ração para seu companheiro:

Conheça nossos produtos

,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*